Terça-feira
20 de Novembro de 2018 - 

Controle de Processos

Notícias

Newsletter

Jovens do projeto Adote um Boa-Noite conhecem o Palácio da Justiça

Grupo participou de visita guiada.           Crianças e adolescentes do projeto “Adote um Boa-Noite” estiveram ontem (6) no Palácio da Justiça para um visita guiada ao prédio histórico, sede do Tribunal de Justiça de São Paulo. O projeto busca estimular a adoção de jovens com mais de oito anos ou com alguma deficiência. O grupo conheceu persas salas do Palácio da Justiça e aprendeu um pouco sobre a história da Corte e de São Paulo, o funcionamento da Justiça e a arquitetura do prédio.         Os 28 participantes estão acolhidos em instituições das jurisdições dos foros regionais do Tatuapé e de Santo Amaro. As servidoras Milena Matos de Souza (assistente social em Santo Amaro), Marineiva Benassi Serra e Cristiane Araújo Lima de Almeida (psicóloga e assistente social no Tatuapé, respectivamente) acompanharam a visita, assim como os educadores dos abrigos. Eles conheceram o Salão do Júri, o Salão da Biblioteca, a Sala dos Retratos e o Salão Nobre Ministro Costa Manso. Veja mais informações sobre o prédio na página do Museu do TJSP. As visitas monitoradas que ocorrem no Palácio da Justiça são agendadas pela Diretoria de Relações Institucionais pelo telefone (11) 3117-2596.           Adote um Boa-Noite         O projeto consiste em um site com fotos e relatos de crianças e adolescentes acolhidos pelo Poder Judiciário. A ideia é dar visibilidade a esses jovens, mostrando-os como sujeitos de direitos, parte integrante da sociedade, além de tentar contribuir com a evolução da concepção social de adoção, ampliando a baixíssima quantidade de adoções de crianças com mais de oito anos ou com deficiência (cerca de 90% daqueles que se candidatam a adotar pretendem crianças com menos de oito anos). A página (www.adoteumboanoite.com.br) e a campanha foram desenvolvidas gratuitamente pela agência F/Nazca a pedido do TJSP.         O projeto é um dos finalistas da 15ª edição do Prêmio Innovare, na categoria Tribunal. O prêmio existe desde 2004 com o objetivo de identificar, pulgar e difundir práticas que contribuam para o aumento da qualidade, modernização e aprimoramento da Justiça no Brasil. Os vencedores deste ano serão conhecidos no dia 6 de dezembro, em cerimônia de premiação a ser realizada no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.           Mais fotos no Flickr                    imprensatj@tjsp.jus.br
07/11/2018 (00:00)
Visitas no site:  520096
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia